Loading...

Ozonioterapia

Fisioanimal - Ozonioterapia Fisioanimal - Ozonioterapia

O que é

Uso do gás ozônio de forma terapêutica, ou seja, em concentrações não lesivas.

Indicações

Doença do disco intervertebral, espondilose, osteoartrites, Tendinopatias, artrites sépticas, discoespondilites, sepse, osteomielite, feridas contaminadas, infecção do trato urinário, fístulas e abcessos, piodermites, dermatopatias alérgicas, papilomas, artrite reumatoide, doença intestinal inflamatória crônica, diabetes, insuficiência renal crônica, doenças isquêmicas, tratamento de feridas e escaras de decúbito, queimaduras, ceratoconjuntivite seca, glaucoma crônico, hepatopatias, doenças neurodegenerativas, adjuvante no tratamento do câncer e para amenizar os efeitos colaterais da quimioterapia.

Para que serve?

Pode ser utilizado como anti-inflamatório, imunomodulador, antimicrobiano e cicatrizante.

Como funciona?

Existem várias vias de aplicação do ozônio. As principais formas são: aplicação do gás de forma local (pode ser realizada em pontos de acupuntura ou não) por via intramuscular, subcutânea ou intra-articular, a insuflação retal e a auto-hemoterapia maior ou menor (quando se ozoniza e em seguida reaplica o sangue do próprio paciente), outras vias, como a aplicação intra-discal, peridural, bolsa de ozônio, insuflação vesico-uretral e de fístulas dependem do caso a ser tratado e costumam ser menos frequentes, também pode-se ozonizar óleos a água para uso tópico, limpeza de tecido ou até mesmo uso oral.

Contra-indicações

Não utilize se o seu pet já for muito idoso, estiver debilitado ou com grande estresse oxidativo.

AGENDE UMA CONSULTA

AGENDAR