1 JUN

O que a eletroterapia pode fazer pelo seu cachorro?

Fisioanimal

Saiba tudo sobre essa técnica muito utilizada na fisioterapia veterinária

 

Dra. Maira Formeton, Médica Veterinária Fisiatra da Fisioanimal.

 

O que é eletroterapia?

 

É o tratamento realizado através de aparelhos que geram corrente elétrica e ajudam a diminuir dores, relaxar ou fortalecer os músculos. Existem alguns tipos de eletroterapia, o TENS (Transcutaneal Electrical Nerve Stimulation) e o NMES (Neuromuscular Electrical Stimulation) são os mais comuns na rotina da fisioterapia veterinária.

 

Quando e como é utilizado o TENS?

 

O TENS auxilia no controle da dor através da liberação de endorfinas e encefalinas. Ele pode ser aplicado de forma convencional, em que a analgesia é imediata mas de curta duração, com tempo mínimo de 20 minutos de aplicação.

Também pode ser aplicado no modo Burst, que possui um resultado imediato menor, porém mais duradouro, com até 8 horas de alívio da dor.

A eletroterapia com o TENS também pode ser feita em forma de acupuntura, como no modo burst, seu alívio da dor só acontece após 30 minutos de aplicação e pode durar até 6 horas.

 

Quando e como é utilizado o NMES?

 

Esta outra modalidade da eletroterapia é utilizada para estimular contrações musculares, reduzir atrofias, retorno da função do músculo e auxílio na reabilitação neurológica ou ortopédica. A aplicação varia caso a caso.

 

Em que casos a eletroterapia é indicada?

 

A eletroterapia ajuda no controle de dores musculares, articulares e tendinosas, fadiga muscular, recuperação e potenciação de cães atletas, dor pós-operatória, atrofias musculares por desuso ou neurogênicas. Também é muito indicada em casos de osteoartrite e hérnias de disco.

 

Para saber que tipo de eletroterapia é melhor para o seu melhor amigo, agende uma consulta e fale com um especialista da Fisioanimal.

...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *