3 SET

Cadeira de rodas para cães: tudo que você precisa saber

Fisioanimal

Meu cão ficou paraplégico e agora?

 

Dra. Maira Formeton, Médica Veterinária Fisiatra da Fisioanimal.

 

Existem diversas causas que podem deixar os cães e gatos paraplégicos. O que você realmente precisa saber é que, embora existam algumas limitações, ele vai te amar da mesma forma e poderá ter uma vida com bastante bem-estar.

 

O que muda?

 

Isso depende do grau da paraplegia do pet. Alguns precisam usar fralda porque não conseguem controlar o lugar onde farão xixi, outros precisam que o tutor esvazie a bexiga com as mãos. Só é estranho até o tutor pegar o jeito de fazer essas coisas e depois elas ficam automáticas.

 

O pet sofre?

 

Outra pergunta que varia de caso a caso. O cachorro ou gato paraplégico pode sofrer de dores nos membro que usa para se equilibrar, mas nesse caso existem várias técnicas de fisioterapia que podem ajudar, como acupuntura, ozonioterapia ou termoterapia.

 

Meu cão está com dor? Saiba como identificar os sinais e quais tratamentos indicados para pets

 

Que tipo de adaptação é necessária?

 

As adaptações variam de acordo com o caso, mas é importante que você saiba que ele vai se arrastar no chão e, por isso, o piso deve ser liso para não machucar a pele dele, mas não tão liso a ponto de ele não conseguir andar.

 

O que você precisa saber sobre as cadeiras de rodas para pets?

 

Nem todo pet tem uma boa adaptação às cadeiras. Gatos, por exemplo, não costumam gostar muito delas, porém com uma adaptação cuidadosa pode ser possível. Por mais que o seu companheiro se adapte bem à cadeira de rodas, o ideal é que ele use a cadeira apenas para passeios externos. Não se deve deixar o pet o dia todo na cadeira de rodas, o tempo máximo recomendado é de 30 minutos.

 

Que tipos de cadeiras existem?

 

Hoje em dia existem diversos tipos de cadeiras de rodas para cão e gato. Elas podem ser compradas com as medidas do animal,  que devem ser feitas por um médico veterinário especializado em reabilitação, de forma a garantir a adaptação correta.

 

  • Cadeiras de rodas para membros anteriores: mais complexos, porém podem ser adquiridos segundo prescrição do veterinário. O suporte de membros anteriores é indicado em casos de animais tetraplégicos, por exemplo.
  • Cadeiras para membros posteriores: mais comuns por conta do número de casos de animais com essa deficiência;

 

Você pode ajudar a adaptação da cadeira de rodas do seu pet, levando ele para a Fisioterapia.

 

Caso você ainda esteja na dúvida sobre qual cadeira é a certa para o seu companheiro, agende uma consulta na Fisioanimal, nós podemos te ajudar.

 

...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *