Voltar

Pesquisas comprovam os benefícios da associação entre terapias manuais e acupuntura.

A literatura acadêmica na área de reabilitação cresce a cada dia. Há um grande incremento no número de artigos publicados, e, a velha frase "não há artigos sobre isso... não há evidencias sobre aquilo" já deve ser usada com cautela em nossa área.

Uma dúvida sempre levantada pelos alunos em nossos cursos é sobre a associação entre acupuntura e fisioterapia. Até que ponto uma poderia interferir no efeito da outra? Por hora, a resposta seria "percebemos na prática, existe sinergismo, porém não há pesquisas...". Uma rápida busca nos sites de busca acadêmica, nos mostrará no entanto, que há diversas evidências desta associação ser benéfica. Há artigos sobre a associação da acupuntura entre diversas técnicas, desde a eletroterapia até a aplicação de células tronco.

Em um dos estudos mais recentes, Lane & Hill (2016), realizaram um trabalho prospectivo, cross-over, com 47 animais, sendo o proprietário cego em relação ao tratamento. Neste estudo, os animais foram separados em dois grupos, um controle e outro tratado, com acupuntura e terapias manuais individualizadas a cada animal. Os protocolos de terapia manual e acupuntura foram baseados no exame físico, histórico e questionários de avaliação validados. Foram quatro sessões de tratamentos, sendo o cross-over entre os grupos realizado na terceira sessão.

Comparando-se os animais pré e pós-tratamento, o estudo evidenciou que a combinação da terapia manual e da acupuntura na mesma sessão resultou em um incremento do conforto e mobilidade a curto prazo, com aumento na capacidade de realizar atividades como brincar, andar, trotar, pular descer escadas, levantar, além da redução na claudicação após longo tempo em repouso. Houve também alterações e melhora no humor dos animais, porém sem significância estatística.

Este trabalho tem destacada importância, pelo fato que responde à nossa pergunta inicial: deve ser associada a acupuntura à técnicas manuais de fisioterapia? Sim! A conclusão é exatamente que, quando combinadas estas duas modalidades da reabilitação, levam à melhores resultados que a utilização de forma isolada.

Claro, como na medicina não há regras, cada paciente deve ser avaliado pelo seu veterinário fisiatra, de forma a decidir se as terapias devem ser feitas em conjunto, e até mesmo a ordem em que são realizadas. Por exemplo: um animal com dor em coxofemoral por artrose, pode passar previamente pela acupuntura para realização de analgesia local e em seguida realizar com mais conforto as terapias de alongamento e fortalecimento. Já um paciente geriatra, pode realizar a sessão de exercícios previamente, e em seguida realizar a acupuntura, de forma a otimizar o efeito de relaxamento final e mobilização de energia.

Para saber mais:
Lane D. M.; Hill, S. A. Effectiveness of combined acupuncture and manual therapy relative to no treatment for canine musculoskeletal pain. Can Vet J 2016;57:407–414

Agende uma consulta:

Sede
Rua Marco Aurélio, 399 • São Paulo • CEP 05048-000
11 3862-6398
11 3641-3858
Unidade Central Pet Panamby
Rua Itatupa, 66 • Loja 2 • Morumbi
11 3862-6398
11 3641-3858

atendimento@fisioanimal.com

Fale com a gente

ENVIAR